segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Resenha: Linhagens - Eleonor Hertzog


Antes de tudo: Obrigado Eleonor por confiar no blog e me mandar uma cópia antecipada de ''Linhagens'' (segundo volume da série ''Uma geração. Todas as decisões'', com o primeiro livro chamado ''Cisne'' já resenhado por mim aqui no blog), visto que o livro só será lançado na Bienal do Rio e parabéns por escrever um livro tão bom! 

Linhagens já começa com cenas de ações, protagonizadas por uma das minhas personagens favoritas (Peggy) nossa mais nova sensitiva, que sente algo incomum em uma ilha que só processos de rotina iriam acontecer. Peggy sente a morte na ilha e as consequências do que ela previu dá uma guinada na estória, o que muda totalmente o rumo que ela toma a partir dai. A personagem tem bastante destaque em ''Linhagens'' e achei isso simplesmente fantástico! Alguns segredos sobre a adoção e a origem de Peg são reveladas. 

No primeiro livro descobrimos outros lugares habitáveis e conhecemos várias famílias. Conhecemos também Tarilian, uma terra aparentemente futurística que vê no Planeta Terra uma possível solução para os problemas. Cisne é um grande barco possuidor de bastante tecnologia e que pertence a família Melbourne. 

Todo um ambiente familiar nos é apresentado e vermos como a família se interliga, tendo momentos de descontração, de perda e dor, de descobertas, de ansiedade... e os filhos (vários filhos) de Henry e Doris seguindo os passos do pais em um futuro brilhante como cientistas. Em ''Linhagens'' todos os outros ligamentos familiares e hierarquias são destrinchadas e nós conhecemos melhor vários outros personagens... várias dúvidas sobre o caráter deles são resolvidas no livro e o que ficou um pouco confuso em ''Cisne'' fica bastante iluminado na sua continuação. 

Dr. Henry virou meu novo personagem preferido pois: cuidar de uma família tão grande, se preocupar com a natureza, ver uma possível guerra na iminência de explodir e ainda conseguir tratar com carinho e amor toda a família sem ter surtos maiores é uma coisa de mestre!



Tenho que falar: Linhagens ofuscou Cisne (e a Eleonor tem que fazer o terceiro ofuscando o segundo, hm!). Cheio de tramas inteligentes, nomes criativos, personagens mais maduros e um final de partir o coração... como já disse acima, li uma prova do livro, pois o mesmo será lançado na Bienal do Rio de Janeiro pela editora Letra Impressa, mas já posso adiantar que teremos uma diagramação melhor (com os tracinhos antes de diálogos) e grandes orelhas!!! Dei 4 estrelas para Cisne e gostaria de dar 6 estrelas para Linhagens, mas isso extrapolaria o estrelômetro. 5 estrelas gigantes para Linhagens, parabéns Eleonor, não preciso nem falar que já preciso do próximo, certo?


2 comentários:

  1. Meu Deus *---*
    Só leio coisas maravilhosas sobre a obra - e também recebi esse rascunho *-*
    Mas sério, estou com medo de encarar essa realidade fantástica... deve ser tudo muito bom...e maravilhoso.
    Essa semana começo o meu! >.<

    Abs
    Ronaldo Gomes
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mergulhe sem medo!!! É fantástico!

      Abraços.

      Excluir