domingo, 31 de março de 2013

Lançamentos de Abril da Editora Deuses! #1

Morte ao Poder - Sales Rodrigues: 


Prefácio: Esta é uma obra de ficção inspirada em fatos reais ou absolutamente uma fantasia!? Um escritor em surto psicótico, clarividência, delírios, nostalgia, anarquia ou é uma lavagem cerebral!? Tristemente. Logicamente. Evidente a qualquer um que queira enxergar... O exposto aqui sentencia que qualquer semelhança com a realidade não é apenas uma mera coincidência, e sim, uma verdade asquerosa, envolvendo grandes poderosos do país. O verdadeiro Brasil, minuciosamente detalhado e ultrajantemente repugnante!

Gilberto escreveu uma carta antes de agir dominado pela emoção. Essa é a parte final da carta.

...Faço parte da sociedade e estamos sendo ludibriados descaradamente! Estamos inertes. Acomodados em nossos sofás, preguiçosamente. Conformamos-nos à corrupção, falcatruas, ilicitudes, mentiras deslavadas, contravenções e crimes. O Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Publico, líderes religiosos, líderes sindicais, magnatas, a imprensa: esses poderosos estão corrompidos! O poder tem seu custo e seu preço. E os íntegros, caíram em vício! Acabaram cedendo a um valor: ao prestarem favores, ao deverem favores e ganhando por isso. Somos o povo, a massa, a base. Temos o poder de mudar a história! Mas os idealistas, corajosos, pacificadores e visionários acabam sendo comprados. E os que não cedem a um valor, são mortos. Os justos têm suas honras postas à prova e os heróis acabam virando vilões. É um cenário que lobos devoram leões. Os governantes, os poderosos e influentes são os “cabeças” de todos os crimes. Líderes falsos, descarados, covardes, gaturnos, hipócritas e zombeteiros. Gozando dos famulentos, débeis, inocentes e esperançosos. Somos iludidos com promessas e os nossos sonhos nos impedem de raciocinar. Mas quando a mente é ativa e vemos o óbvio; há a deficiência do nosso corpo sadio! A sociedade preguiçosa cruza os braços. Somos habituados a costumes corruptos e ilícitos.

Líderes íntegros são raros, quando os desonestos que deveriam ser! Mas somos acostumados aos vícios de sermos lesados e acomodados à cultura da impunidade e imoralidade. Isso nos leva a um fato: os merecemos! Estamos aceitando o descaradamento dos que têm poder. Já que apenas fingimos nos importar. Na realidade, nada fazemos contra as canalhices dos poderosos. O poder e o crime é um caminho de ida e um mesmo caminho! Demos tamanhos poderes aos lobos, que eles se tornaram inabaláveis. Porém, os cínicos se esquecem de que fomos nós, a base, que os colocamos no topo, e temos o dever moral de arrancá-los dos seus tronos; e faremos, já que eles se demonstram incapazes de mudar e se tornarem seres humanos melhores. Todo o ápice: em todas as direções, de todas as instituições está podre, e as carniças fedem ao ponto de nem os urubus quererem suas carnes de bestas desgraçadas e imundas! Todos os nãos contaminados que ousam ultrapassar o limite da base acabam sendo infectados pelo germe corrupto solto no universo dos poderosos. Ninguém do ápice está imune à praga! Se subirmos, somos alvos atingidos. Se ficarmos, permanecemos massacrados. Nem mesmo os heróis possuem força para sobreviverem ao câncer incurável na política. Os heróis desbravadores e os cordeiros virtuosos, ao saírem da base ao degrau superior da elite governante, influente, poderosa e manipuladora: todos viram lobos a devorar os leões. Leões que antes eram seus amigos. Ninguém escapa à repressão, tirania, ganância, gula e soberba. Os homens dignos acabam se transformando em monstros. Quase 192 milhões de pessoas são atingidos por esses criminosos, fingidores, mentirosos e egoístas.

O Brasil padece de ajuda e só restou uma alternativa: O poder tem que morrer! Ninguém do ápice deve escapar! Morte ao poder. Entre tantos cretinos, evidentemente, há heróis ainda não corrompidos! Mas esses heróis altruístas, se dignos: aceitarão a morte! Já que é impossível discernir os honrados dos crápulas. É a única maneira de se exterminar a praga em um sistema de depravados, contaminados pela ganância. Não adianta apenas eliminarmos o sistema, temos que extinguir a cúpula! Todos que estão no poder devem morrer! E os altruístas heróis visarão o bem comum. Não fugindo das próprias extinções. Após a matança, teremos a história para ensinar aos futuros líderes o que acontecerá se vinher a surgir novamente o mal no poder, e teremos a força para repetir o mesmo feito, se necessário ao melhor para a nação. Essas sem-vergonhices acabam a partir de hoje! Estou disposto a eliminar o mal neste país e darei o primeiro passo. Se a imprensa depois me condenar como monstro: fui necessário surgir! Já estou no limite da honra. Chega! Todos irão morrer. O mal irá acabar. Que o povo me ajude e que Deus me abençoe. A faxina no Brasil vai começar. E não amanhã, mas agora.
Com veracidade...

Gilberto (o monstro).

Informações do livro: 

Autor: Sales Rodrigues 
1º Edição, 2013 
Pag: 346
Valor: R$ 34,90.  
Você pode comprar pelo site clicando aqui
As vendas irão começar de acordo com os lançamentos! (Entre os dias 10 e 15 de Abril)

sábado, 30 de março de 2013

Resultado sorteio: O Resgate das Profecias!

Confira abaixo o resultado do sorteio de ''O Resgate das Profecias''! Se você foi o ganhador, enviar e-mail em até 72 hrs para o e-mail: all_alf@yahoo.com.br com nome e endereço completo! Abraços e até o próximo!


quinta-feira, 28 de março de 2013

Editora recebe contos fantásticos para publicação em coletânea literária (Participe!)

Até 30 de abril, a Andross Editora estará recebendo contos fantásticos de novos escritores para publicação no livro 
“Sonhos Lúcidos”.

Não é de hoje que o ser humano busca fugir de sua realidade pacata para mundos existentes somente em sua imaginação. Pois agora novos escritores poderão contar histórias fantásticas, vividas dentro de suas mentes. A Andross Editora está recebendo contos de escritores em início de carreira para publicação no livro “Sonhos Lúcidos", a ser lançado em outubro de 2013, no evento Livros em Pauta, em São Paulo. 


Nossa intenção é publicar os mais diversos tipos de histórias fantásticas”, diz o escritor Alex Mir, organizador do livro. 


Qualquer pessoa pode participar. Basta acessar o site www.andross.com.br, ler o regulamento de participação e submeter seu texto à avaliação. As inscrições vão até 30 de abril de 2013. 


SINOPSE: "De onde tiram as ideias para suas obras os escritores de fantasia, horror e ficção científica? Têm eles mentes criativas ou simplesmente sonham acordados? Nas páginas deste livro, o inimaginável ganha formas insólitas, capazes de maravilhar até mesmo o leitor mais incrédulo.” 

SERVIÇO:
Livro: “Sonhos Lúcidos – Contos Fantásticos”
Organização: Alex Mir
Envio do texto: até 30/04/2013
Lançamento: 10/2013 (no evento Livros em Pauta)
Regulamento: no site www.andross.com.br
Realização: Andross Editora

quarta-feira, 27 de março de 2013

Conheça o Autor: Mila Wander

 

Mila Wander nasceu em Recife e é formada em Pedagogia. No momento está se especializando em Educação e Ludicidade para o Desenvolvimento Humano. Além disso, divide seu tempo como maquiadora profissional e escritora. Apaixonada por livros desde sempre, sobretudo pelos romances da literatura juvenil, tomou vício pela escrita desde sua adolescência, escrevendo pequenos poemas, composições e pensamentos. Não conseguiu mais parar desde então. Começou a escrever aos quinze anos seu primeiro livro chamado Diário de uma cúmplice, recentemente finalizado. Meu Conselheiro de Luz é sua primeira obra concluída e publicada. 

Confira sinopse e capa do livro:  

Meu conselheiro de luz - Mila Wander

 

Sinopse: Rafaela descobriu o verdadeiro significado do amor. Sim, ela já havia se apaixonado algumas vezes e namorado alguns garotos da escola... Nenhum deles, porém, é como Leonardo, um rapaz naturalmente bom. Na verdade, um anjo. Não um anjo mítico, desses de histórias fantásticas, pois não possui asas, nem auréola. Mas ele brilha e emana uma calma impressionante, trazendo a ela um fio vibrante de esperança.
Tudo seria perfeito, se ele não fosse um espírito. E ela também. No entanto, o fato de ela ser um mero fantasma vagando pela Terra e ele um poderoso Conselheiro de Luz não a impede de fazer de tudo para conquistá-lo. Ela cogita até mesmo ajudar sua pior inimiga, a garota que sempre fez questão de humilhar. Na verdade, esta é a condição para que Rafaela alcance o céu... E Leonardo. O problema é que ela não sabia que isso poderia ser tão difícil: para chegar ao céu, não basta querer. A garota terá de se libertar do orgulho e da raiva... E utilizar-se de sentimentos como o amor e o perdão. 


~todos os autores dos posts 'Conhecendo o Autor' são parceiros do blog~

terça-feira, 26 de março de 2013

Resenha em Vídeo: A Insustentável Leveza do Ser - Milan Kundera.

Confira a vídeo-resenha de ''A Insustentável Leveza do Ser'': 


E você, tem algum livro de valor afetivo? Conte para nós : )

Adicione a sua estante: Skoob


Sorteio - Exemplar de ''Cores de Outono - Keila Gon'' ENCERRADO!

SORTEIO ENCERRADO! CONFIRA SE VOCÊ FOI O GANHADOR!

Mande um e-mail para all_alf@yahoo.com.br com (ENDEREÇO COMPLETO + Nome para dedicatória) em até 72 horas. 

 

Concorra a um exemplar autografado (e com dedicatória) do livro ''Cores de Outono'' da autora Keila Gon (resenha aqui). Para concorrer, basta preencher o formulário abaixo:


Regras obrigatórias:
- Ter endereço de entrega no Brasil
- Seguir o blog pelo Google Friend Connect e Comentar neste post. 
(As demais opções só aumentam suas chances).
- Responder o e-mail, caso ganhe, em até 72 horas.
(Resultado será divulgado no dia do sorteio: dia 26/04) 

Clique aqui e tire dúvidas sobre como usar o Rafflecopter! Boa Sorte! 

segunda-feira, 25 de março de 2013

Resenha: O Retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde

 

Sinopse: Versão de Oscar Wilde para o mito faustiano da perda da alma em troca dos prazeres mundanos, "O retrato de Dorian Gray" é um relato de decadência moral e punição, exemplo do humor cáustico e refinado de seu autor.
Dorian Gray é um belo e ingênuo rapaz retratado pelo artista Basil Hallward em uma pintura. Mais do que um mero modelo, Dorian Gray torna-se inspiração a Basil em diversas outras obras. Devido ao fato de todo seu íntimo estar exposto em sua obra prima, Basil não divulga a pintura e decide presentear Dorian Gray com o quadro. Com a convivência junto a Lorde Henry Wotton, um cínico e hedonista aristocrata muito amigo de Basil, Dorian Gray é seduzido ao mundo da beleza e dos prazeres imediatos e irresponsáveis, espírito que foi intensificado após, finalmente, conferir seu retrato pronto e apaixonar-se por si mesmo. A partir de então, o aprendiz Dorian Gray supera seu mestre e cada vez mais se entrega à superficialidade e ao egoísmo. O belo rapaz, ao contrário da natureza humana, misteriosamente preserva seus sinais físicos de juventude enquanto os demais envelhecem e sofrem com as marcas da idade. 

Crítico. Simbolista. Conservador. Desinibidor. Louco. Vingativo.     

''Os que descobrem significados feios nas coisas maravilhosas são corruptos deselegantes. Isto é um erro. Os que descobrem significados maravilhosos em coisas maravilhosas são os ilustrados. Para estes, há esperança.                                                                                                                                               São os eleitos, para quem as coisas maravilhosas significam apenas beleza.                               Não existe isto de livros morais ou imorais. Livros são coisas bem escritas ou mal escritas. É só.'' Pág. 9 

Dorian Gray é um jovem da alta sociedade inglesa, dotado de uma fortuna e de uma beleza única. Vivia livre de pensamentos e rótulos, e sua única preocupação era encontrar uma boa moça para viver o resto de sua vida ao seu lado. Isso tudo muda quando Henry lhe é apresentado. Amigo de seu amigo Basil, Henry apresenta a Dorian Gray um mundo totalmente crítico, onde a vaidade é o único fator que faz a vida ter sentido. Onde a beleza é a única coisa que se tem de preciosa e onde a juventude pode abrir diversas portas. 

Basil era pintor e o quadro do ápice de sua carreira foi justamente o que ele pintou Dorian Gray. Basil era obcecado por Dorian e encontrar a inspiração no amigo para pintar seus quadros, foi de longe a coisa mais maravilhosa que acontecera em sua vida limitada.  Henry Wotton apresenta a Dorian os prazeres da vida. Prazeres disfarçados de males.

''O objetivo da vida é o autodesenvolvimento; é perceber, com perfeição, nossa natureza... é para isso que estamos aqui, cada um de nós. Mas, hoje em dia, as pessoas têm medo de si próprias. Esqueceram-se da mais elevada das obrigações, a obrigação que devemos a nós mesmos. Mas, é claro, são caridosas. Alimentam os famintos, vestem os mendigos. A alma delas, entretanto, sente fome, está nua. A coragem desapareceu desta raça e, talvez, jamais tenha existido em nós. O terror da sociedade, base de toda moralidade, o terror de Deus, segredo da religião... são essas duas coisas que nos governam'' Pág. 33

Quando Dorian se vê num quadro onde reflete sua beleza - beleza então herdada de sua mãe - tão bem quanto um espelho reflete as feições, ele passa a questionar: ''O que será de mim quando a beleza me for tirada pelo tempo? Pior ainda, o que será de mim quando junto com a beleza o tempo extrair minha juventude?'' foi nesse pensamento premeditado que Dorian comete o maior (ou não) erro de sua vida. Fez um pedido ou uma prece que sua beleza fosse eterna. O tempo teria que deteriorar sua imagem no quadro e conservar sua beleza corporal.

''Mas o quadro o observava, aquele rosto lindo, transfigurado, o sorriso cruel. Os cabelos claros brilhavam à luz do sol matinal. Os olhos azuis vieram encontrar os seus. Tomou-o uma sensação de piedade infinita, não de si mesmo. Já havia alterado, e alteraria ainda mais. Aquele dourado ressecaria, acinzentaria. Morreriam aquelas rosas vermelhas e brancas. Para cada pecado que cometesse, viria uma mancha sarapintar danificar aquela formosura.'' Pág. 123

Avançando na leitura nós vemos o que isso causou de bom e de mal para Dorian e os desdobramentos disso são ainda piores. Dorian é excluído socialmente e sua loucura não tem fim. Ele chega a fazer coisas que vão contra a essência do que ele costumava ser.

Acho que é impossível (ao menos para mim) não gostar de algo do Oscar Wilde. Esse é o terceiro trabalho dele que eu leio e agradeço (profundamente e sinceramente) vocês o terem escolhido na enquete para leitura e resenha. Entrou no meus favoritos e só vai me fazer querer ler mais e mais Oscar. E obrigado à Rosalva por me emprestar o livro! Amei. 5 estrelas

domingo, 24 de março de 2013

[TAG] Bookshelf Scavenger Hunt - Encontre o livro



Itens: 

1- Encontre um livro com a letra Z no título/autor
2- Encontre um livro clássico
3- Encontre um livro com uma chave na capa
4- Encontre alguma coisa na sua estante que não seja um livro
5- Encontre o livro mais velho da sua estante
6- Encontre um livro com uma garota na capa
7-Encontre um livro que tenha um animal
8- Encontre um livro com um protagonista masculino
9-Encontre um livro com apenas letras na capa
10- Encontre um livro com ilustrações
11- Encontre um livro com letras douradas
12- Encontre um diário (real ou ficção)
13- Encontre um livro escrito por alguém com um nome comum (por exemplo Smith)
14- Encontre um livro que tenha um close up
15- Encontre o livro da sua estante em que a história se passa no período mais remoto
16- Encontre um livro Hard Cover sem a jacket (não vale tirar!)
17- Encontre um livro Turquesa/Teal (http://www.keytag.com/images/keytags/...)
18- Encontre um livro com estrelas na capa
19- Encontre um livro que não seja do gênero YA

sábado, 23 de março de 2013

Rabiscos e Fragmentos entrevista Fabiane Ribeiro


Antes de tudo, Fabiane Ribeiro por ela mesma: 

Lembro que, quando muito pequena (com 6 ou 7 anos), minha distração preferida era escrever histórias. Sempre colecionei adesivos. Minha mãe, então, escolhia um adesivo e o colava em um papel... Eu passava a tarde toda criando uma história a partir daquela figura.
Ler, sempre foi uma das coisas que mais amei fazer. Sempre li de tudo e enumerar livros ou autores favoritos seria uma missão impossível.
Então, após muito luta (como qualquer outra, que acompanha a busca de um sonho e de uma profissão), hoje sou médica veterinária e escritora, apaixonada pelos animais e pelas palavras.
Já vivi em três estados diferentes (SP, MG e PR) e não sei qual meu próximo destino, estou em constante mudança, reinventando a mim mesma, as minhas paixões e a minha vida, a cada novo dia. Meu futuro será onde as águas, nascidas da fonte de minhas palavras e paixões, me levarem.


01 - Quais as dificuldades de escrever um livro para o público jovem?

As dificuldades geralmente são as mesmas para qualquer público que já escrevi. A carreira de escritor em si é uma grande batalha, assim como outras tantas que enfrentamos na vida. Mas até hoje tenho tido um incentivo imenso por parte dos leitores de todas as idades, e isso faz toda a diferença em minha vida. Toda essa aceitação tem me surpreendido cada vez mais e me motivado a continuar meu trabalho, sempre com muito amor e dedicação. Só tenho a agradecer a cada leitor, o sucesso do livro é uma conquista que se dá a cada dia e que enche meu coração de alegria. Esse apoio faz com que nós, autores brasileiros, continuemos lutando por um espaço no mercado.

02 - Sua família sempre te apoiou/te apoia com sua escolha profissional? 

Sim, minha família me apoia em todas as minhas decisões, e minha mãe é fã número um das minhas histórias.

03 - O que é mais difícil hoje, no Brasil, para a profissão de escritor? 

Encontrar uma editora comercial, que tenha interesse em “bancar” sua história é bem difícil. Sou muito ansiosa e esperei por um ano até receber meu “sim”, então posso dizer que é
complicado o processo de espera. Entretanto, agora também está sendo um desafio. Estou
batalhando a cada dia para conquistar leitores e fazer meu nome ficar conhecido. Creio que
esta etapa que estou vivendo seja a mais desafiadora na profissão de escritor.

04 - Pretende continuar publicando, tem outras metas que deseja alcançar? 

Sim, tenho muitos livros esboçados e, no momento, estou trabalhando em dois romances, que pretendo lançar nos próximos anos. Além disso, há surpresas vindo por aí quanto ao “Jogando xadrez com os anjos”.

05 - Qual seu gênero preferido para ler? 

Seria injusto citar apenas um. Muitos livros de diversos gêneros me inspiraram e emocionaram de forma especial durante minha vida. Cada um deles, com certeza, contribuiu para que eu me tornasse escritora e me inspira até hoje, sem que eu mesma perceba. 

06 - Quais foram suas inspirações literárias para começar a escrever? 
A minha inspiração é a vida! As influências vêm de tudo ao meu redor, tudo o que já vivi, e tudo o que estava vivendo no momento em que escrevi o livro. Eu tenho muita dificuldade pra determinar quando e como surge alguma ideia ou de onde vem a inspiração. Tudo vai surgindo aos poucos em minha mente e eu vou anotando, até o dia em que percebo que tenho material suficiente para um livro. Eu apenas começo a escrever um livro quando tenho seu esboço completo, principalmente o final pronto em minha cabeça. É um processo trabalhoso, mas gosto de ter tudo anotado, justamente para não correr o risco de ficar sem ideias durante a escrita. Portanto, não tenho uma inspiração especial ou específica.

07 - Quais autores atuais mais admira? 

Adoro vários livros e autores, mas vou citar alguns para ser mais específica: J.K. Rowling, Khaled Hosseini, Cecelia Ahern, Carlos Zafón e John Boyne.

08 - Qual livro já lançado, você gostaria de ter sido autor(a)? 

Nunca pensei nisso. É uma boa pergunta, realmente. No momento, não consigo pensar em nenhum que eu gostaria de ter escrito. Tenho muito apego com minhas histórias, creio que deva ser assim com os demais escritores também.

09 - Participa de algum projeto de incentivo a leitura? Alguma ideia que poderia mudar a situação dos brasileiros, onde poucos leem? 

Tenho participado de alguns projetos através da internet, e, principalmente, das redes sociais. A falta de tempo às vezes me impede de participar de eventos maiores em prol da literatura nacional, mas tenho certeza que os pequenos passos fazem toda a diferença e, com esforço e dedicação, iremos mudar esse quadro em nosso país.

10 - Qual mensagem você passa ou gostaria de passar através das suas obras? 

Eu tento sempre escrever com o coração. Tenho percebido que os leitores experimentam as mesmas sensações que eu tive ao escrever cada cena e sou muito emotiva. Espero que todos tenham a oportunidade de conhecer meus livros e que dividam suas opiniões comigo, mas creio que as mensagens e emoções são passadas e sentidas de forma única, então, espero que se sintam bem lendo minhas histórias e aproveitem-nas da melhor maneira possível.
Obrigado Fabiane, pelo carinho e dedicação com o blog, abraços! 

sexta-feira, 22 de março de 2013

Resenha: Cores de Outono - Keila Gon

Sinopse: O inesperado, o impossível, o destino... Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração. Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração. Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.

Mágico, encantador, sedutor, divertido, único e cheio de borboletas no estômago! 

Melissa achava que passaria o resto de sua vida confinada numa casa em Campo Alto cheia de lembranças cuidando de sua irmã como se fosse sua filha e nada mais de emoções fortes... engano dela! Depois de sua mãe e seu padastro serem mortos em um acidente, Melissa tenta cuidar de sua irmã Alice o melhor possível e ainda tenta se recuperar da perda. Ela encontra conforto em seu avô, George ou Opa - avô em alemão - como ela carinhosamente o chama e tenta passar despercebida na cidade, coisa praticamente impossível em um lugar onde todos se conhecem.

''Três meses haviam se passado desde o acidente, mas eu ainda lutar para sair da minha inércia. Houve dias em que me surpreendi por esperar que ela voltasse para casa no fim do dia, contando as novidades sobre a nova encomenda de livros da loja... ou discutindo o cardápio do jantar com Oliver, seu marido. E por mais difícil que fosse encarar a verdade, isso era passado, Angelina e Oliver não voltariam mais. Eu e Alice perdemos tudo. E no fundo sabia que minha irmã perdeu mais do que eu. Alice tinha um lar, um pai, uma mãe, uma família desde que nasceu e agora tinha que confiar a própria vida a uma meia-irmã atrapalhada e medrosa. Nosso futuro eram tópicos esboçados em uma folha de papel e literalmente fiz isso. Estava determinada a me concentrar em nossa nova vida, mas não sabia o que esperar desse futuro.'' Pág. 14

Melissa parece ser encantadora (apesar de dizer que não) e seu jeito desastrado de ser nos faz ficar com vontade de cuidar! Como ela diz, o caos conspira contra ela. Alice é adorável e encanta qualquer um! Tem um probleminha em conhecer novas pessoas, mas é um doce quando consegue. George é gentil e não mede esforços para conseguir o bem estar das netas. E tem também Arthur, que é o amigo de infância de Melissa... o que roubou o primeiro beijo e que anos depois continua irritando com suas brincadeiras e piadas. E conhecemos Sr. Dippel... ou Vincent. Um cara carrancudo e misterioso, que a cidade inteira tem medo. Morador da montanha que esconde lendas locais que vão desde fantasmas a demônios.

Não faltaria pretendentes para Melissa, mas ela encontra o amor nos olhos tempestuosos de Vincent e isso parece até irônico, certo? A garota nova, desastrada e suicida (como era caracterizada pelos moradores mal informados) se envolvendo com ''Sr. Darth Vader Dippel'', o cara mais temido e mal humorado da cidade. Mal Melissa chega e quase é atropelada pela SUV preta de Vincent e esse não para nem para se desculpar. O segundo encontro dos dois também não foi romântico... era um fato que amigos não era algo que Vincent estivesse procurando.

''-Às vezes... não há alternativas. O destino complica as coisas contra nossa vontade e precisamos encarar as mudanças. Isso está além de nosso controle.
 -Nós podemos controlar as mudanças do destino Melissa, com nossas decisões, com nossas escolhas - sua voz grave parecia o rugido, mas algo lá no fundo lembrava um ronronado melancólico.
Analisei seu olhar frio, ele poderia ter razão. Eu, por exemplo, poderia ter ficado com Arthur na festa de ontem... Poderia ter ido embora com ele e jamais teria concordado em ser amiga desse estranho fascinante. Por outro lado, nem tudo estava sob nosso controle. Olhei dentro de seus olhos violeta e depois para minha mão em seu braço que começava a esquentar com seu calor. A indignação pelo seu mau humor deu lugar a um sentimento maior, que aplacava tudo. Mesmo sabendo que estava aqui como sua amiga, e por mais que me assustasse com seu temperamento instável, sentia a revoada de borboletas insistentes em meu estômago. E isso mostrava que uma força além do meu controle me dominava quando estava próxima dele.'' Pág. 207

Numa relação de ódio e amor (mais ódio que amor) Melissa e Vincent Dippel vão descobrindo segredos e coisas em comum. Vão descobrindo numa amizade que um precisa do outro para enfrentar as dificuldades que a vida ironicamente joga nas costas deles.

Keila tem uma escrita tão pura e simples, faz fatores naturais como o nascer do sol se tornarem palpáveis e nos faz desejar um lugar bucólico para fugir da agitação da cidade.

''Uma linda luz amarela transbordava pela janela no sábado pela manhã. Os raios amarelados escapavam da cortina aberta e brincavam nas paredes, no assoalho de madeira... Sentei-me na cama e analisei a garota do reflexo no espelho mais uma vez, ela ainda estava com a aparência cansada, mas suas olheiras haviam melhorado sensivelmente. Aos poucos tudo melhorava'' Pág. 71. 

Como a sinopse mostra, o livro é levado a um lado fantasioso, onde criaturas como Elfos, Duendes, Fadas e Magos são revelados a Melissa e ela percebe que tanto Vincent quanto sua irmã estão diretamente envolvidos com isso! Eu disse ''é levado'' porque a fantasia demora um pouco para acontecer e confesso que fiquei um pouco temeroso sobre o rumo que Keila levaria o livro mas ela soube intercalar de maneira... mágica! haha.

E no final, Keila nos presenteia com uma playlist maravilhosa, ma-ra-vi-lho-sa, que acompanha o ritmo do livro e eu tenho que compartilhar com vocês:
Rain - Creed
Come talk to me - Bon Iver
Gotta be somebody - Nickelback
Day to Day - The Ting Tings 
Savin' me - Nickelback
Hide - Creed
Notion - Kings of Leon
Open your eyes - Snow Patrol
Whataya want from me - Pink
Patience - Guns N' Roses
Blue Eyes - Mika
Here for you - FireHouse
Never Ler Me Go - Florence And The Machine
Use Somebody - Kings of Leon
Warmer Climate - Snow Patrol
Chocolate - Snow Patrol
100 Suns - 30 Seconds to Mars
Cosmic Love - Florence And The Machine
Set the fire ti the third bar - Snow Patrol
Far Away - Nickelback
All this and heaven too - Florence And The Machine
Never gonna be alone - Nickelback
Higher - Creed
Search and Destroy - 30 seconds to Mars
The finish line - Snow Patrol
No light, No light - Florence And The Machine
On Off - Snow Patrol
Signal Fire - Snow Patrol
Falando da edição: A capa é linda, a cor, a diagramação! ''Cores'' é o primeiro livro de uma série que promete encantar! O próximo volume já tem nome: ''Sombras da Primavera'' e não preciso nem dizer que já estou ansioso certo? 5 estrelas

Adicione a sua estante: Skoob 

quinta-feira, 21 de março de 2013

Resenha: A Guerra dos Tronos - George R. R. Martin


Sinopse: Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha - uma cruel mulher do clã Lannister - e sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda sua família.

Numa terra onde rivalidades são tão constantes quanto o cair da neve, onde existe famílias justas demais e famílias que de tão egoístas não lhe resta nenhum sentimento em seus corações de pedra. 

Com situações ricas de elementos, Martin nos apresenta personagens complexos, que nos envolvem e nos faz odiar as injustiças que são tão marcantes no conflito de conquista do trono das terras. 

Com um capítulo melhor que o outro, não consegui deixar esse livro de lado. O livro é recheado de famílias. Conhecemos os Stark que são leais e tem a honra acima de tudo. Conhecemos os Lannister, que não medem esforços para alcançar seus objetivos, mesmo que para isso, tenham que derrubar algumas pessoas no caminho. Os Baratheon que apesar de bons guerreiros, perdem em estratégia. Temos os descendentes de dragões, os Targaryen, que mesmo depois de perder tudo, continuam sendo ameaças e construindo alianças poderosas.

Com histórias de honra... 

''- Jon, alguma vez perguntou a si mesmo por que é que os homens da Patrulha da Noite não têm esposas nem geram filhos? - perguntou Meistre Aemon. Jon encolheu os ombros. - Não - espalhou mais um pouco de carne. Tinha os dedos da mão esquerda escorregadios com o sangue, e a direita latejava por causa do peso do balde.- Para que não amem - respondeu o velho -, pois o amor é o veneno da honra, a morte do dever. Aquilo não lhe soava correto, mas nada disse. O meistre tinha cem anos e era um grande oficial da Patrulha da Noite; não lhe competia contradizê-lo.'' Pág. 467. 

...de terror... 

''Naquela escuridão, os Outros atacaram, costumava dizer com a voz cada vez mais baixa. Eram frios e estavam mortos, e odiavam o ferro, e o fogo, e o toque do sol, e todas as criaturas vivas que possuíssem sangue quente nas veias. Os castelos, as cidades e os reinos dos homens caíram perante eles à medida que iam se deslocando para o sul sobre pálidos cavalos mortos, à frente de hostes de cadáveres. Alimentavam os criados mortos com carne de crianças humanas...'' Pág. 396. 

...e de amor. 

''- Ele me disse que a Lua era um ovo, Khaleesi - respondeu a jovem lysena. - Antes havia duas luas no céu, mas uma delas se aproximou demais do Sol  e rachou com o calor. Mil milhares de dragões jorraram de dentro dela e beberam o fogo do Sol. É por isso que os dragões exalam chamas. Um dia essa Lua também beijará o Sol, e então rachará e os dragões regressarão.'' Pág 170.  

A narrativa é em terceira pessoa, o que facilita entendermos a visão geral, cada capítulo tem um personagem em destaque, são eles: Eddard Stark, Catelyn Stark, Sansa Stark, Arya Stark, Bran Stark, Jon Snow (filho bastardo de Eddard), Tyrion Lannister e Daenerys Targaryen. (Você percebeu que os capítulos parecem ter uma inclinação aos Stark, mas isso não impossibilita o autor englobar personagens mais distintos, porque acredite: são muitos!).

Personagens complexos, mas cada um com sua essência, bastante interessantes de maneira individual, o autor nos faz acreditar de maneira única em todas as personagens. 

Se você é fã de histórias medievais com reis e rainhas, lordes, vassalos e guerreiros, corra e vá ler esse livro. Se não for, não importa... corra e vá ler também! Por mais que eu passe horas falando sobre o livro, não vou conseguir falar o quanto ele representa e o quanto ele mexeu comigo. 

O livro ganhou uma adaptação de série de TV pela HBO e cada livro representa uma temporada (até agora foram lançados 5 livros e 2 temporadas). A 3ª temporada começará a ser exibida em março desse ano, pretendo ler o 2º e o 3º antes disso! Não perca tempo! Leia antes do inverno chegar.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Vamos falar de religião?

É brincadeira! Remete um pouco religião mas o tema é literatura! O ''novo Papa'' recomenda a leitura de Tolkien (ou J.R.R.Tolkien autor das obras O Hobbit, O Senhor dos Anéis e O Silmarillion).

Segundo o blog italiano Inoltre, do escritor Saverio Simonelli, o Papa Francisco (ou Jorge Mario Bergoglio) que é o atual Papa da igreja católica ocupando a posição de 266º na história do papado, já lera as obras de Tolkien e as recomenda ao amantes da leitura!


Além de Tolkien, sabe-se que Francisco lê Dostoievski e Borges e inclusive, usa passagens das obras dos autores em sermões comuns a cerimônias católicas. Destaca-se uma homilia realizada em uma missa de páscoa do ano de 2008:

“Na literatura contemporânea Tolkien retrata em Bilbo e Frodo a imagem do homem que é chamado a caminhar e seus heróis conhecer e aplicar, apenas andando, o drama da escolha “entre o bem e o mal”. Mas é uma luta, acrescenta ele, em que não falta a dimensão do “conforto e da esperança” . “O homem no caminho – explica – tem dentro de si a dimensão da esperança: aprofunda-se na esperança. Em toda a mitologia e nessa história ressoa o eco do fato de que o homem é um ser ainda cansado, mas é chamado ao caminho, e se não entrar nesta dimensão desaparece como pessoa e se corrompe”.

 Passagens que remetem a fé e a esperança na vida das pessoas....

... falando nisso...

No período que chocou a Igreja Católica, onde ocorreu a renúncia do então Papa Bento XVI, algumas curiosidades foram reveladas sobre Joseph Aloisius Ratzinger. Uma delas seria que o Papa Emérito (título adotado pelo papa quando este decide abdicar) possui uma biblioteca pessoal com nada mais, nada menos que 20 mil títulos! (!!!!)



15 curiosidades foram listadas pelo site ''Megacurioso'' que são elas:

1 – Ele tem seis endereços de email. Todos eles começam com o nome “Bento”

2 – Ele é o primeiro Papa a ter um iPad

3 – Ele é também foi o primeiro Papa a ter conta em redes sociais. Ele inaugurou seu espaço no Twitter no ano passado, juntamente com diversas versões para diferentes idiomas, incluindo o português.

4 – Ele passou sua adolescência em Traunstein, Alemanha, quando foi chamado aos 16 anos para o serviço de combate a aeronaves no fim da Segunda Guerra Mundial.

5 – Boatos dizem que ele é apaixonado pelo refrigerante Fanta (o sabor ficou popular na Alemanha nazista devido à dificuldade de importação da Coca-Cola na Segunda Guerra Mundial). Além disso, seu suco preferido é também de sabor laranja. Seu prato favorito é uma receita tradicional da Baviera e leva ravióli feito de batata com tiras de panqueca

6 – Em 1969, ele foi vice-presidente da Universidade de Regensburg, local em que lecionava sobre teologia dogmática.

7 – Ele adora música e ainda cultiva o hábito de tocar piano todos os dias.

8 – Seus compositores favoritos são Mozart e Beethoven

9 – Ele anda pelos jardins do Vaticano todos os dias exatamente as 4h da tarde

10 – O Papa também é nerd! Com mais de 20 mil livros em sua biblioteca pessoal, Bento XVI também fala mais 10 idiomas, incluindo o Latim

11 – Ele é apaixonado por gatos. Ele sempre alimentava gatos de rua que ficavam em torno de seu edifício em Roma, mas uma de suas tristezas é que não são permitidos animais no Palácio Apostólico, a residência papal

12 – Esse amor por gatos faz com que uma das lembranças mais vendidas atualmente aos turistas em Roma seja um divertido chapéu de cardeal para gatos. O preço médio é de US$ 15 (cerca de R$ 30)

13 – Ele é bastante discreto e bastante conhecido por gastar mais tempo em casa, além de evitar ao máximo eventos externos

14 – Pouco antes de se tornar Papa, Bento XVI morava em um apartamento de propriedade do Vaticano. Ele saia para passear com frequência, parando em livrarias para comprar livros ou tomar cafés, como uma pessoa comum

15 – O Papa ainda tem guardados alguns bichinhos de pelúcia costurados por sua própria mãe quando ele era criança.

Ufa! Dá até para ter uma imagem do Papa como algo mais ''palpável'' e comum, não acham? Com uma biblioteca dessas em casa, eu é que nunca utilizaria o ''papa-móvel''!!!

segunda-feira, 18 de março de 2013

Conheça o autor: Francine Cruz

 



Francine Cruz nasceu em Curitiba, em 1984. Formada em Educação Física, Especialista em Atividade Física e Saúde (UFPR) e acadêmica do curso de Letras Português/Inglês (UTFPR) atualmente se divide entre suas duas paixões: ministrar aulas e escrever. Amor, Maybe marca sua estréia com sucesso no mundo das histórias românticas.

Amor Maybe - Francine Cruz: 

 

Sinopse: Até onde pode ir um grande amor? A fé ajuda a recuperar sentimentos? Quem pode separar duas pessoas que se amam? Descubra em Amor, Maybe uma linda história romântica como você nunca viu!
Em uma festa à fantasia, Josephine e Matthew se conhecem e se apaixonam. Inexperientes, Josie e Matt sabem que se amam, mas, para viver esse grande amor, terão que vencer muitas barreiras. O que será que os impede de ficar juntos?
Esta é a história de um amor inacabado, cheio de lágrimas, romance, brigas e sentimentos, mas, acima de tudo, cheio de esperança. Fala sobre o tempo e como a vida pode pregar peças em nós.
Neste romance, você conhecerá a força de um amor verdadeiro que através dos anos buscará sua chance de ser eterno. Será esse amor forte o suficiente para resistir ao tempo, à distância e a solidão? - Maybe. 

Adicione a sua estante: Skoob 

~todos os autores dos posts 'Conhecendo o Autor' são parceiros do blog~

sábado, 16 de março de 2013

Conheça o autor: Maud Epascolato




Nascida em 26 de maio de 1979 no centro da cidade do Rio de Janeiro, Maud foi criada no município de Angra dos Reis, no sul fluminense. Começou a escrever aos 14 anos, depois de ler seu primeiro livro: “O Assassinato de Roger Ackroyd”, de Agatha Christie. A paixão por livros de mistério e suspense fez com que seguisse essa linha literária. 
Além de Agatha Christie, Maud é fã de Edgar Alan Poe, Georges Simenon, Paul Auster, Eça de Queiroz, Dennis Lehane, Conan Doyle, Ruth Rendell, Mary Higgins Clark, H.P. Lovecraft, Machado de Assis, Luiz Alfredo Garcia-Roza e vários outros escritores.

Formada em Letras e moradora da zona norte do Rio de Janeiro, Maud deixou a literatura de lado por alguns anos para se dedicar a outras atividades.

Confira capa e sinopse da obra:  

Medo do Escuro - Maus Epascolato

 


Sinopse: Você tem medo do escuro? Acredita no desconhecido? O suspense e o mistério irão levá-lo para a escuridão, onde o sobrenatural rivaliza com a incredulidade humana, mostrando que nem tudo o que desacreditamos é obra de nossa imaginação. Prenda a respiração. Apavore-se. Desoriente-se, pois escapar pode parecer impossível... Mergulhe no suspense e deixe que a leitura o leve – página a página – ao aterrador final.


Adicione a sua estante: Skoob 

~todos os autores dos posts 'Conhecendo o Autor' são parceiros do blog~

sexta-feira, 15 de março de 2013

Musicando: ''I Belong to You'' by Muse

Então vamos de MUSEca? Resolvi criar essa coluna para indicar algumas músicas, se podemos ter o gosto literário parecido, porque não o musical? Escolhi para hoje a banda Muse! Para quem não conhece, Muse é uma banda britânica liderada por Matthew Bellamy. Não posso dizer um estilo fixo, pois é algo que eu considero a banda não ter, pois amantes de rock alternativo, música clássica e eletrônica poderão muito bem ouvir a banda e gostar. A banda possui seis álbuns lançados, sendo os meus preferidos: The Resistance de 2009 e The 2nd Law de 2012. Escolhi apresentar para vocês ''I Belong to You'', música do álbum de 2009! Enjoy:


Quer ter seu sonho publicado como história pela editora APED?


A editora APED está com um projeto que pode publicar seu sonho em forma de conto! Sonhou algo digno de um roteiro de filme (ou no caso, livro)? Então mande ele escrito para a APED! A editora selecionará 30 autores para tornar seus sonhos uma coletânea! Envie ''o seu sonho'' para o e-mail: APED@WNETRJ.COM.BR mas antes, dê uma conferida no regulamento abaixo:


Clique na imagem para ver em tamanho maior. 
Boa Sorte!!! 

quinta-feira, 14 de março de 2013

Resenha: Pacto Secreto - Eliane Quintella


Sinopse: Três regras haviam sido reveladas à Valentina. Mas, ela não sabia se existiriam outras regras que teriam sido ocultadas. Tinha certo em seu coração que precisava ter seu pedido atendido. Era o que havia de mais importante. Precisava decidir se assinaria ou não o pacto. É a pergunta que não se cala. Será que Valentina deveria assinar o pacto sem ter certeza do que estava em jogo? O que realmente assumiria se assinasse? E você, assinaria o pacto? Em troca, teria o que pedisse. Poderia ser qualquer coisa...

Valentina (ou Tina, como é carinhosamente chamada) é uma mulher de pulso firme, que não mede esforços para conquistar seus objetivos, mas carrega a culpa de um acidente que aconteceu com sua irmã gêmea, Sara. Cansada de ver sua irmã inválida em uma cama e em um estado deplorável, Valentina procura ajuda em todos os lugares, chegando a pedir inclusive a forças ocultas.

Sara sempre foi simpática e amável com todos, enquanto Valentina sempre foi a aventureira que não tinha medo de nada e assim estava mais propensa a acidentes, mas porque teria que ter acontecido justamente com sua irmã?

''Desliguei o telefone e rodei pela cidade. Pensava pesarosa no destino de Sara, sentindo uma forte dor no peito e uma tristeza profunda que vinha da minha alma. A Sara não merecia nada disso, era realmente terrível a injustiça que havia caído sobre ela. Eu sabia que essa realidade dantesca teria a mim como destinatária, e isso só me fazia sofrer e sofrer [...]. Eles foram mexer justo com minha irmã gêmea, ninguém era mais próximo, ninguém era mais querido. Eu sabia ser impiedosa com quem passasse em meu caminho.'' Pág. 256

Inconformada com essa injustiça, qualquer maneira de sua irmã voltar a ser a jovem alegre e amável era considerável, inclusive um pacto com Satan. A vida de Tina muda radicalmente quando um enviado charmoso entra em sua vida e faz uma proposta que parecia irrecusável, mas a fonte da ajuda causava dúvidas em Valentina.

''Dei minhas mãos a ele. Ele colocou suas mãos quentes embaixo das minhas, e percebi que entrava em transe. Meus olhos enxergavam as imagens de desespero, um perfeito filme sobre minha vida. Até me assustei com o rosto transtornado que eu tinha nos primeiros dias após o acidente. Eu parecia uma pessoa louca. Eu me vi ajoelhada em pranto rezando a Deus. Pude ouvir todos os meus gritos desesperados por ajuda, por dias a fio. Todos sem resposta. Até o último chamado absolutamente transtornado, no qual eu incluía no meu pedido de ajuda, qualquer ajuda, inclusive o diabo, pedido este que aconteceu não muito tempo atrás.'' Pág. 14 

No decorrer do livro narrado por Tina, vemos o quão ela se sente culpada pelo acidente de sua irmã e descobrimos o porque dessa culpa. Tendo ao redor pessoas amáveis e amigas ela entra em dúvida se a proposta irrecusável não iria lhe carregar ao sombrio e Valentina descobre que ela é tão importante nessa história quanto o pedido da cura de sua irmã também é.

Cheio de traições, mentiras, dúvidas, descobertas e amor familiar, Eliane escreveu Pacto Secreto de forma tão fluente que as páginas passam sem serem notadas e queremos cada vez mais matar nossa dúvida sobre a decisão de Valentina. Mergulhei em um universo totalmente novo, pois nunca tinha lido nada sobre pacto com o diabo (ou não seria esse o nome?). Vemos o quão a personagem é tendada para ter uma vida melhor. É realmente um livro cheio de reviravoltas e segredos revelados em que encontramos o mal onde menos esperamos. Pacto Secreto nos faz questionar o que realmente nós cremos e/ou o que é somente alienação de uma nação cristã. Torcemos toda hora para Tina conseguir driblar todas as armações que estão apontadas para ela e é difícil escolher de qual gêmea gostar mais. É óbvio que recomendo demais o livro e terá sim uma continuação ainda não lançada, você pode conferir uma parte do segundo livro no site da autora, clicando aqui. Mal vejo a hora de ler o segundo e descobrir o que acontece com Tina e Sara. Imperdível! 5 estrelas


News: Mistérios do Destino - Série Atemporais

Da autora Vanessa Orgélio, o primeiro livro da Série Atemporais: ''Mistérios do Destino'' promete trazer um diferencial a literatura! O livro está em processo de pré-venda e tem lançamento previsto para dia 20/04! Você pode adquirir o livro em pré-venda: livro autorafado+marcador+brinde surpresa com 30% de desconto! Mas só enquanto durar a pré-venda ein! Confira capa e sinopse:

Mistérios do Destino 


Sinopse: Amanda Davidson é uma garota comum, como você ou eu. Mora no Rio de Janeiro, trabalha, faz faculdade, tem amigas, sonhos e projetos. Mas numa noite, enquanto voltava da faculdade, depois de perder o emprego e discutir com sua melhor amiga, seu ônibus quebra e ela é obrigada a ir a pé para casa. Completamente neurótica, acredita que está sendo seguida, e, para fugir, entra numa mata beira de estrada. Depois de vagar por longos minutos e descobrir que está perdida, ela encontra uma casa, uma mansão antiga, na qual pede abrigo da tempestade que a alcança.
Ali ela descobre que, de alguma forma, voltou no tempo, está presa no Brasil de 1879, sendo abrigada por um homem que todos temem, por alguma razão que ela desconhece. Por vezes ela tem a dúvida se é convidada ou prisioneira de Conde Di Ângelo, um homem extraordinariamente bonito, misterioso e quem sabe... perigoso.
Tudo que ela deseja é voltar para casa, rever seus pais, tentar salvar sua amiga de um romance que a levará ao fundo do poço, mas seu coração tem outros planos. Ela se apaixona pelo homem que deveria detestar. O que fazer agora? Desistir de sua vida e viver um novo sonho ao lado de seu recém-descoberto amor? Em meio a essas dúvidas, a revelação de quem na verdade é Conde Di Ângelo.
Medo, amor, ciúmes, compaixão... O que ela será capaz de fazer para viver ao lado do homem que virou sua vida de cabeça para baixo?
Para mais informações e compra, confira o hotsite do livro clicando aqui! Boa Leitura!!! 

terça-feira, 12 de março de 2013

Evento: Livros: Paixão sem fronteiras!

O evento ''Livros: Paixão sem fronteiras'' acontecerá no sábado dia 23 em Belo Horizonte e conta com a presença de vários autores nacionais!




Uma tarde de autógrafos com ótimos autores, inclusive ''Eleonor Hertzog'' parceira do blog!

Caixa de Correio #1 + Sorteio

Confiram o que chegou para resenha e/ou compra no blog em Fevereiro! No final tem sorteio de kit de marcadores, take a look:


domingo, 10 de março de 2013

Vídeo com bastidores de ''City of Bones''

Pessoal, há pouco tempo saiu um vídeo na MTV com uma pequena entrevista com Godfrey Gao (ator que interpretará Magnus Bane) e nesse vídeo algumas cenas dos bastidores do filme são mostradas.. Take a look:



O vídeo mostra uma das festas que Magnus dará no decorrer do filme (que se de acordo com o livro serão bastante importantes para o decorrer da trama).

Resenha: Amigos Inimigos - Vanessa Martinelli

Amigos Inimigos 

Sinopse: Maria e Jack eram amigos quando criança. Daqueles que se dorme na casa e brinca das mesmas coisas. Mas eles cresceram e a idade esmoreceu a amizade. Tomaram direções opostas. Demais até. E você? Já teve um amigo-inimigo? 

Sempre tenho um pé atrás em histórias que se passam em colégios mas essa fica bem longe de ser algo clichê. Vanessa me falou que eu lesse tendo o ponto de vista do publico adolescente/pré-adolescente mas é um livro tão puro e fluente que pessoas de qualquer idade poderia ler e se deliciar com ele!

É difícil me ater ao que acontece no livro, por ele ser pequenino e qualquer coisa virar spoiler, mas vou apresentar os personagens: Maria é uma menina de 14 anos que tem seu irmão mais novo para lhe irritar de vez em quando. É órfã de pai, mas tem uma mãe sempre presente e que nunca lhe deixa faltar nada. E conhecemos Jack, seu ex-amigo de infância que só lhe causa irritações em sua fase de puberdade. E temos as amigas: Morgana, a impulsiva que fala na cara mesmo! Temos Patrícia que vive sempre em ''outra dimensão'', a Camila que sofre de transtornos alimentares para tentar esquecer das brigas constantes dos pais. Conhecemos também o insuportável Maurício que é o popularsinho do colégio e que enche o saco de todos e Pedro, que é tímido, calado.. na dele.

Jack e Maria sempre brincavam juntos quando eram crianças e a adolescência acabou separando os dois de maneira inexplicável. De uma hora para outra a vida dá uma reviravolta e os dois são colocados frente a frente e Maria não sabe como esconder a raiva inexplicável que sente por ele e o ciúme que é mais inexplicável ainda!
''-E agora, vamos?
Jack concordou oferecendo novamente o braço.
Uma feliz Morgana aceitou o convite e ambos cruzaram a porta, atravessando o jardim, em direção à rua.
Da janela, Maria acompanhava a cena. Ver Jack e Morgana caminhando juntos, braços dados, causou uma sensação desconfortável. Tinha vontade de socar Jack, mas não gostou de ver a intimidade que existia entre os dois
-Devo estar ficando louca! - desabafou para si mesma, balançando a cabeça.'' Pág. 42/43. 
Quanto ao design do livro, é bem adolescente mesmo e o que eu mais gostei é que a ilustração da capa foi feita pela Vanessa! Ficou muito linda e é um livro muito bonito em diversos aspectos! Outra coisa que gostei muito de saber foi que a autora escreveu o livro pensando em algo que sua filha que hoje tem 3 anos pudesse ler quando estiver na adolescência, muito fofo isso! Como já disse, é um livro que pode ser lido por qualquer público leitor, é uma leitura de um dia. Gostei muito e acho que a Vanessa pode muito bem fazer uma boa continuação para os casos amorosos dos personagens! Recomendo sim!

sexta-feira, 8 de março de 2013

Rabiscos e Fragmentos Entrevista: Lorene Patigra

Lorene Patigra comanda a loja LP – Espaço Cultural, na cidade de Goiânia, faz parte da Associação Internacional de artistas e escritores – LITERARTE, da União Brasileira de Escritores – UBE, e da Academia de Letras e Artes de Fortaleza – ALAF; e conta com dez livros (entre eles, ''Entre o Espelho e Eu'' com resenha aqui no blog) , um depoimento, inúmeros artigos, contos, crônicas e poesias; sendo hoje uma das autoras mais jovens do país com a capacidade de escrever livros em estilos literários diferentes. Confira a entrevista:

 

1) Quais as dificuldades de escrever um livro para o público jovem/adulto?

Não acredito que exista uma dificuldade específica. Alguns autores consideram difícil obter o reconhecimento, outros acham que a dificuldade está no senso crítico por parte da juventude, na tendência do modismo ou mesmo no descaso com o interesse pela literatura. Quando você escreve um livro para torná-lo acessível para o mundo, você não sabe quem irá lê-lo. E a maior dificuldade disso talvez seja conseguir passar uma mensagem útil e capaz de emocionar para qualquer pessoa, independentemente da religião, etnia ou país. É uma meta difícil, não acha?

2) Sua família sempre te apoiou/te apoia com sua escolha profissional?

Na hora de prestar o vestibular, quando você vai escolher um curso, não existe a opção: escritor. Também não é o tipo de escolha comum entre os estudantes do ensino médio. Em geral as pessoas tornam-se escritoras depois de já terem sido médicas, jornalistas, professoras, viajantes… Enfim, não foi isso que aconteceu comigo. Com 13 anos, eu já escrevia e amava escrever. Então quando eu decidi que seria escritora, não foi bem o tipo de coisa que minha família esperava ouvir ou acreditava que eu daria prosseguimento. No meu aniversário de dezoito anos, minha mãe me disse que quando alguém tem um sonho, este sonho é apenas da pessoa. Você não deve esperar que outras pessoas sonhem por você ou com você. Se você tem um sonho, o sonho é seu e você deve lutar por ele o tanto que puder. Foi o que eu fiz. Independentemente das dificuldades, dos apoios ou não, eu lutei pelo o que eu queria. Acho que isso é o que importa.

3) O que é mais difícil hoje, no Brasil, para a profissão de escritor?

O Brasil está entre os países que mais lê notícia na internet. O ibop de alguns programas de televisão superam a de inúmeros países. Ou seja, muitas vezes qualquer coisa é mais apreciada do que um livro por um brasileiro. Seja um esporte, a internet, a televisão, uma comida, um passeio, uma diversão; o livro não está na lista das coisas que um brasileiro mais gosta. Talvez o livro esteja na lista das últimas coisas. Portanto, a maior dificuldade não é da minha profissão, é da minha profissão no lugar onde me encontro. Alguém pode escrever uma obra excelente, que diferença fará se as pessoas não gostarem de ler?

4) Pretende continuar publicando, tem outras metas que deseja alcançar?

Sempre quero escrever, pois sou completamente apaixonada pelo que faço. Quanto a outras metas, tudo que eu puder me empenhar relacionado à palavras e oportunidades de transformar a realidade da humanidade, eu tentarei fazer.


5) Qual seu gênero preferido para ler?

Acho que não tenho um estilo literário favorito porque leio um pouco de tudo e de modo bem diversificado. Apesar disso posso admitir que gosto muito de autoajuda e romance policial.


6) Quais foram suas inspirações literárias para começar a escrever?


Como leio um pouco de tudo, não existe uma inspiração literária padrão. Mas lembro que o primeiro livro adulto lido por mim foi o “Estrangulador”, de Sidney Sheldon. Eu devia ter uns sete anos e jamais vou esquecer a sensação de ter lido esse livro. Foi uma inspiração para a vida inteira.

7) Quais autores atuais mais admira?

Não existe um autor específico que eu realmente admire em potencial até porque não conheço a fundo a história de nenhum deles. Mas posso citar alguns que fizeram a diferença em minha vida como o Deepak Chopra, o Eckhart Tolle, a J.k Rowlling e o Sidney Sheldon.


8) Qual livro já lançado, você gostaria de ter sido autor(a)?

Amaria ter escrito Harry Potter. A autora bateu o recorde de vendas e reconhecimento mundial. Eu gostaria e espero ainda chegar onde ela chegou.

9) Participa de algum projeto de incentivo a leitura? Alguma ideia que poderia mudar a situação dos brasileiros, onde poucos leem?

Eu coordeno o ILEG, um projeto de incentivo à leitura no Estado de Goiás Acho que esse é um exemplo da possibilidade de mudar a situação crítica que existe no Brasil em termos de leitura. Lidero exposições de livros em vários pontos da cidade de Goiânia, no qual os livros podem ser comprados, trocados, doados… Os livros estão em preços mais acessíveis e as exposições são oferecidas ao ar livre e são completamente abertas ao público. É uma maneira de influenciar as pessoas a lerem e tem funcionado.

10) Qual mensagem você passa ou gostaria de passar através das suas obras?

Todo livro que escrevo tem uma mensagem por trás dos personagens e enredo. As vezes tem a ver com fé, força, amor, perdão… Não é algo específico também, porém valores e reflexão são o que tento promover em qualquer uma das obras.

Agradeço a Lorene que foi muito gentil ao ceder essa entrevista, e mal posso esperar para continuar lendo suas obras! Os leitores do Rabiscos e Fragmentos ainda vão ouvir falar muito de Lorene Patigra! 

Dia 8 de Março: Dia Internacional do gênero mais complexo e determinado do Universo!



As mulheres vem ganhando papéis bastante importantes na sociedade, coisa que não aconteceu do dia para a noite e nem de maneira fácil. Antigamente a mulher não tinha direito de alfabetização e por consequência não tinham acesso a leitura e a escrita e olhem hoje: o maior público leitor é feminino e vemos escritoras brilhantes, famosas e respeitadas em todo lugar.

De acordo com a bíblia cristão, a mulher (Eva) surgiu a partir da costela do homem (Adão) para simbolizar que estará sempre ao lado do homem, tal como as costelas. Mas simbolicamente falando, elas poderiam ter surgido de quaisquer outras partes, visto que existem mulheres hoje que substituem homens de maneiras naturalmente normais. Mulheres que são mães e pais, mulheres que carregam fardos pesados nas costas (literalmente falando), mulheres que governam nações (essa talvez seja a maior conquista, visto que em épocas passadas as mulheres não tinham direito nem do voto).

O dia internacional da mulher teve como origem nas mulheres que vinham lutando por seus direitos e atropelando mentes conservadoras que enxergavam a mulher apenas como um objeto sexual e de procriação.

Hoje em dia, existem sim muitas Cleópatras: que são mulheres estrategistas e que falam diversos idiomas. Ou mulheres como Carlota Joaquina, que são punidas por não serem cegas quanto as injustiças da nação. Como Anita Garibalde que é considerada como uma das mulheres mais fortes e corajosas da história. Ou Mata Hari que não deixou o conservadorismo impedir que ela aprofundasse nos romances ou no cinema. As que trabalham em rádio, teatro, cinema e televisão e que em tempos não muitos distantes tiveram como inspiração Carmen Miranda. María Eva Duarte de Perón, ou Evita, que foi atriz e líder política argentina. A eterna Princesa Diana, que na vida lutou pelo combate à AIDS e na campanha internacional contra as minas terrestres. E mulheres que estão vivas não só na memória como Maria da Penha Maia Fernandes que luta hoje no Brasil e no mundo pela punição de agressores que suas vítimas são mulheres. E Dilma Rousseff, nossa presidenta que enxerga muito além e expandirá os direitos femininos no Brasil. Poderia ficar citando diversas mulheres que fizeram e fazem diferença no mundo, mas minha missão é conscientizar e parabenizar, e não expor dados.

Parabéns a você que é leitora, mãe, amiga, pai, filha, esposa, empresária, médica, advogada, escritora, dona de casa... mulher! Vocês merecem sim, esse dia! Feliz dia da mulher! E parabéns por provarem que nunca foram do sexo frágil!!!

quinta-feira, 7 de março de 2013

''O Lado Bom da Vida'' - Livro + Filme

Oi pessoal, venho por meio deste post contar-lhes o que eu achei do livro e do filme de ''O Lado Bom da Vida'' ou ''Silver Linings Playbook'. Primeiro, o livro:

 

Sinopse: Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes da internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. Uma história comovente e encantadora, de um homem que não desiste da felicidade, do amor e de ter esperança.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh! E-A-G-L-E-S, EAGLES!!! 

Pat é um viciado em jogos de futebol americano, ex-professor, bipolar, impulsivo e uma pessoa de bastante personalidade. Forte personalidade! Ele acaba de ser tirado do lugar ruim (uma espécie de centro de tratamento psicológico) e enfrenta bastante conflitos internos ao voltar para casa. Seu pai não fala com ele e parece que sua mãe é a única que entende o que ele passa. As pessoas que falam com ele, parecem sentir pena e acabam dando desculpas esfarrapadas do porque abandonaram ele em um momento em que ele precisava muito. Sem falar em Nikki, que é a grande razão dele ter ido parar no centro de tratamentos. Nikki é sua ex-esposa, e que ele lembra que a ama muito, e lembra também que antes dele entrar no lugar ruim eles começaram com o ''tempo separados'' e o que ele mais espera é terminar com o ''tempo separados'' mas a parte de seu passado que ele não lembra é a parte mais importante e é a parte que mudou a vida dele há um tempo atrás.

Pat é assim... ingênuo e em todo o tempo é um grande otimista. Procura encontrar o lado bom da vida em tudo! Para fazer a ficha de Pat cair, seus amigos apresentam Tiffany. Uma moça com um passado igualmente difícil e que precisa alguém para lhe mostrar o lado bom da vida. O marido de Tiffany morreu há um tempo e depois disso a vida dela foi piorando a cada dia.

Eles encontram em si apoio e uma amizade bastante complicada. Mas só basta saber uma coisa: Eles entendem um ao outro e isso basta, certo? Errado... bastaria se Pat não fosse apaixonado por sua ex. 
O livro aborda muito uma temática esportiva, mostrando o quanto Pat é viciado em futebol e exercícios, obcecado por ''estar em forma'' achando que essa seria um dos motivos de seu rompimento com sua ex-mulher. Apesar de falar muito (sim, muito) em futebol americano e eu não saber muito sobre isso, o livro me passou cenas engraçadas e divertidas, principalmente do pai de Pat: Patrick, que era muito supersticioso e a única hora em que falava com o filho era para falar sobre futebol.

Quanto a Tiffany, ela é uma excelente dançarina e encontra na dança, maneiras de superar sua depressão. Os momentos que talvez sejam bastante irritantes é que Pat não parava de falar de Nikki, e isso faz o leitor odiar a mulher ausente. Seria um spoiler gigantesco se eu falasse a razão do rompimento, visto que é um segredo até para o protagonista. No desenrolar da vida de Pat ele encontra pessoas ótimas, como o seu terapeuta que acaba virando um amigo e seu colega Danny e suas gírias raciais. O personagem principal nos apresenta um arsenal de obras literárias (e o final delas, sim leitor... Matthew Quick não poupou sua obra de spoilers sobre outras) e nos faz querer ler todos (bom, pelo menos me fez querer ler todas), as obras citadas são: 

- O Grande Gatsby - F. Scott Fitzgerald
- A letra escarlate - Nathaniel Hawthorne 
- Adeus às armas - Ernest Hemingway
- A redoma de vidro - Sylvia Plath
- As aventuras de Huckleberry Finn - Mark Twain 
- O apanhador no campo de centeio - J. D. Salinger

E tem também uma trilha sonora bem legal... 

A música trauma de Pat: Kenny G. - Songbird 
E a música de um dos momentos mais bonitos do livro: Bonnie Tyler - Total Eclipse of The Heart 

Amei o livro, foi para os favoritos no skoob e recomendo sem hesitar... 

Vamos ao filme:  




  

Fui no cinema um dia depois que eu terminei de ler o livro e olhem: Gostei também do filme, apesar do roteiro baseado no livro ter sido 60% modificado. Os personagens são engraçados e o que eu acho que faltou foi um pouco de personalidade para Pat por conta do Bradley Cooper. Jennifer Lawrence foi muito bem fazendo Tiffany e rolou muita química. O final do livro (o grande final, o grande segredo...) é posto no começo do filme e Pat não é viciado em futebol (ele gosta) e nem em exercícios físicos (ele corre... com um saco de lixo no corpo, assim como no livro: ele acredita suar mais fazendo isso) e a trilha sonora do filme (que eu considero ser bastante importante) foi 100% ''contemporaneisada'' e tirou o efeito vintage criado com as musicas do livro que eram clássicos.

Quando Pat sai do lugar ruim e chega em casa, é recebido com um grande abraço do seu pai (!) e não liga muito em assistir a jogos com ele. Tiffany é toda problemática e depressiva (fiel ao livro).

O final foi modificado radicalmente e achei que ficou bem mais romântico e bem mais a cara de ''filmes''.

Trilha sonora do filme: 

1. Silver Lining Titles - Danny Elfman
6. The Moon Of Manakoora - Les Paul & Mary Ford
7. Monster Mash - CrabCorps
8. Goodnight Moon - Ambrosia Parsley The Elegant Too
10. Walking Home - Danny Elfman



Recomendo ambos, é claro. 

News: Novas fotos da adaptação de ''Em Chamas''!

Novas fotos foram divulgadas de ''Em Chamas''! Dessa vez deram destaque também aos personagens da Capital. Confiram:
Effie Trinket: 

 

Caesar Flickerman:



Johanna: 

ec-post-010.jpg

Katniss:

ec-post-006.jpg

Cinna:

ec-post-008.jpg

Haymitch:

ec-post-007.jpg

Beetee:

ec-post-009.jpg

Peeta:



A ansiosidade só aumenta, certo?

terça-feira, 5 de março de 2013

Leituras do mês Fevereiro de 2013!

Confira a lista das leituras de Fevereiro de 2013! Li muita coisa e muita coisa boa! Take a look:

1- O Céu está em Todo Lugar - Jandy Nelson: 


Livro lindo, comecei o mês bem! Saiba mais lendo minha resenha aqui

2- Peter Pan - J. M. Barrie: 

 

Livro muito fofo, desde a história até a diagramação. Resenha aqui

3- Releitura do Mês: Receita de Poesia - Vinicius de Moraes: 


Livro muito bom, vemos os clássicos poéticos desse autor maravilhoso! Soneto de Fidelidade, como poema mais conhecido e talvez melhor dele! Recomendo muito!!! 

4- O Mistério do Circulo - Leandro Luzone: 

 

Do autor parceiro do blog: Leandro Luzone. Livro muito bom! Resenha aqui

5- O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë: 

 

Sempre tive a curiosidade de saber sobre o que tratava.. achava que seria um livro com um romance super romântico, e não! Me surpreendi bastante de uma maneira bastante positiva! Numa narrativa cheia de reviravoltas, injustiças e insatisfações! Acho que não preciso nem recomendar um clássico, certo? | Depois, fui ter o desprazer de dar uma conferida na adaptação e quase morro de tédio! A versão mais recente do filme é uma coisa bastante parada, nada que seja parecida com o livro, eu acho. 

6- Desejos dos Mortos - Kimberly Derting: 

 

Obviamente terminei o livro que antecede esse (Ecos da morte) querendo muito ler 'Desejos dos Mortos', e me surpreendi bastante em como a autora conseguiu criar uma continuação tão boa quanto o primeiro livro. Ela cria acontecimentos bastante inteligentes e imprevisíveis! Os outros volumes de uma série com 4 ainda não foram lançados no brasil, mas vou ver se já se tem datas para os lançamentos ou vou ter que me contentar em esperar! Ansiosidade é o que não falta para saber como Violet vai continuar com seus ecos. 

7- Ordem e Progresso - P. P. F. Simões: 


Resenha aqui! Sorteio aqui!

8- A Casa das Orquídeas - Lucinda Riley (MELHOR LEITURA DO MÊS): 

 

Ótima leitura, Lucinda fez tudo ficar tão natural que se tornou a melhor leitura do mês de Fevereiro! Resenha aqui

9- O Resgate das Profecias - Jeronimo Mariano: 

 

Livro muito bom, já falei muito dele aqui no blog e tem sorteio dele rolando! Clique aqui para conferir a resenha, e aqui para conferir o sorteio

10- Branca de Neve e o Caçador - Lily Blake: 

 

Não estava muito empolgado para ler esse livro, por achar que ele seria muito previsível e acertei! Sim, o livro é bastante previsível pois segue exatamente o que acontece na história clássica, mas Lily Blake coloca aventuras e cria um enredo que não torna a leitura maçante... é bom! só isso. 

11- Entre o Espelho e Eu - Lorene Patigra: 

Entre o espelho e eu 

Livro muito bom! Recomendo bastante! Resenha aqui

12- E no seu fim eu comecei - Diego Soares: 

 

Fechando o mês de maneira digna, temos mais um livro de autoria nacional! Confira resenha aqui